Comandas eletrônicas para restaurantes: entenda como funcionam

11 meses
Eyemobile
Por Eyemobile

A tecnologia em bares e restaurantes já é uma realidade, otimizando a gestão e oferecendo uma experiência de consumo diferenciada aos clientes. Entre as opções mais usadas estão as comandas eletrônicas para restaurantes.

Se você não sabe exatamente como funciona essa solução e nem quais as vantagens que ela pode trazer para o seu estabelecimento, continue a leitura deste post e saiba tudo sobre o assunto.

Como funcionam as comandas eletrônicas para restaurante?

Existem muitas tecnologias de comandas eletrônicas para restaurantes, porém a maioria funciona de modo similar.

Ao chegar em um restaurante, o cliente recebe uma comanda numerada. Quando quiser realizar o pedido, ele chama o garçom que anota o pedido em um dispositivo mobile. Por meio deste, as informações são enviadas automaticamente à cozinha e ao caixa. Assim, as chances de erros nos pratos e também nas cobranças diminuem.

Outra possibilidade é a comanda eletrônica na qual o cliente adiciona uma quantidade de créditos pré-pagos. Dessa forma, o cliente já sabe de antemão quanto desejará consumir. Essa é uma alternativa que tem sido mais usada em casas de show, boates e eventos.

Quando o crédito acabar, o cliente poderá recarregar a comanda em pontos específicos dentro do estabelecimento e se ele não consumir todos os seus créditos, a casa devolve o restante.

Nos restaurantes por kilo, estilo self-service, a comanda eletrônica também é uma aliada, evitando imprecisões na pesagem. Nesses casos, será preciso integrar a balança ao sistema de comanda eletrônica. Quando o cliente passar pela balança o operador deverá lançar a refeição e a bebida na comanda numerada e então devolvê-la ao cliente.

Hoje é possível encontrar modelos mais básicos de comandas eletrônicas para restaurantes, com um cartão simples em PVC e o número de cada comanda, e também sistemas personalizados que contam com a identidade visual do restaurante na comanda e ainda permitem integrar esse sistema aos demais do estabelecimento, como frente de caixa ou estoque, melhorando o seu gerenciamento.

Esses modelos permitem, por exemplo, que ao lançar o pedido de determinada comanda, o sistema já dê baixa nos itens do seu estoque, relativos ao preparo de cada prato, e também integre essa informação com o caixa. No fim do dia, da semana ou do mês, você terá muito mais dados sobre o seu estabelecimento, como fluxo de clientes, pratos com mais saída, lucro, custo operacional, etc.

Quais as vantagens de usar comandas eletrônicas para restaurantes?

Apesar de estarem sendo amplamente utilizadas, nem todos os gestores sabem exatamente quais as vantagens das comandas eletrônicas para restaurantes e por isso listamos algumas mais importantes tanto para você, gestor, como para os seus clientes.

Para o gestor do restaurante

As comandas eletrônicas ajudam a:

  • otimizar o atendimento, evitando que o garçom tenha de levar cada pedido até a cozinha, dando mais tempo para que ele possa atender as demais mesas;
  • mobilidade no atendimento, já que é possível usar esse sistema em food trucks e fast-foods, integrando as comandas ao seu sistema de recebimento e fazendo a cobrança do cliente diretamente na fila;
  • ofertar mais informações gerenciais, uma vez que as comandas eletrônicas podem ser integradas ao seu sistema, ajudando você a entender melhor o seu negócio, as bandeiras de cartões mais usadas, o fluxo de clientes, o tempo médio de permanência, os pratos com mais saída, o tempo médio entre o pedido e o recebimento do prato, etc., ajudando a tornar a sua gestão ainda mais direcionada;
  • evitar erros nas cobranças, com itens a mais ou a menos, o que pode prejudicar a imagem do seu estabelecimento;
  • evitar erros nos pratos, garantindo que os pedidos estão de acordo com o solicitado pelo cliente, reduzindo o desperdício;
  • ajudar a aumentar o faturamento, pois os garçons estarão mais disponíveis, aumentando o consumo dos clientes;
  • melhorar o controle do seu estabelecimento, analisando o histórico de consumo de cada cliente e pensando em ações para fidelizá-lo.

Para os clientes

Apesar de oferecer muitas vantagens gerenciais, as comandas eletrônicas para restaurantes também são ótimas para os clientes porque:

  • agilizam o atendimento, evitando ter que ficar um bom tempo esperando tanto pelo garçom, como pela entrega do prato;
  • evitam erros, garantindo que o cliente receberá o prato que pediu;
  • tornam mais simples o fechamento da conta, agilizando todo o processo e trazendo mais segurança ao cliente;
  • evitam erros na conta, com itens lançados a mais ou erroneamente;
  • trazem mais tranquilidade aos grupos, já que cada pessoa poderá ter uma comanda individual e apenas pagará pelo que consumir;
  • oferecem uma experiência mais interessante de consumo, melhorando a relação do cliente com a marca do restaurante.

Como escolher as comandas eletrônicas para o meu restaurante?

Como você viu, as comandas eletrônicas para restaurantes possuem muitas vantagens. Mas para aproveitá-las é fundamental que você consiga escolher corretamente o melhor sistema para as suas necessidades.

Veja algumas dicas fundamentais:

  • pense em uma solução de comandas eletrônicas que possa ser integrada ao seu software de gestão e também aos seu frente de caixa, tornando todo o processo mais otimizado e simplificado;
  • prefira as comandas eletrônicas personalizadas, que sejam feitas com materiais de qualidade, já que elas serão “a cara” do seu restaurante para os seus clientes;
  • instale uma impressora em cada área de produção ou ainda uma tela de computador para que os pedidos dos garçons sejam enviados diretamente à cozinha, tornando esse processo simples e não burocrático;
  • crie um processo para que alguns garçons apenas retirem os pedidos, enquanto outros fazem a entrega, tornando o seu atendimento ainda mais ágil;
  • sempre que incluir uma nova tecnologia no seu restaurante treine todos os funcionários envolvidos para que eles tenham familiaridade com o novo software e consigam aproveitar os benefícios dele;
  • escolha um sistema que seja fácil de usar e com telas interativas, evitando confusões com os garçons;
  • saiba como funciona para anular pedidos – uma vez que muitos clientes podem mudar de ideia após terem solicitado seus pratos e é preciso que o seu garçom tenha agilidade para fazer isso;
  • confira se o sistema troca informações com a cozinha via Wi-Fi ou por outros meios de comunicação offline, escolhendo o melhor para a sua realidade.

E, então, depois de ler este conteúdo,você acredita que as comandas eletrônicas para restaurante são soluções interessantes para o seu negócio? Aproveite e leia o nosso post com várias dicas para evitar perdas no seu frente de caixa!