Por que o mercado de eventos está se reinventando?

2 anos
Eyemobile
Por Eyemobile

O nosso modo de consumir está se modificando e no mercado de eventos não é diferente. Isso é o que todos os especialistas de inúmeros setores têm apontado. Novas tecnologias e novas maneiras de nos relacionarmos com as marcas são os principais motivos para essa mudança. E, claro, que um dos ramos mais movimentados da economia não poderia ficar de fora dessas tendências.

Estamos falando do mercado de eventos, que de alguns anos para cá também tem sentido a necessidade de se reinventar, oferecendo novas experiências e soluções aos seus clientes e participantes dos eventos.

Por que o mercado de eventos precisa se reinventar?

O setor de eventos é um dos que mais movimentam a economia brasileira atualmente, sendo considerado o segundo PIB do país. Ao todo, o faturamento anual chega a R$ 652,9 bilhões, com uma média anual de 590 mil eventos e cerca de 15,6 milhões de empregos gerados.

Para conseguir se destacar nesse turbilhão de números é preciso fazer diferente e entregar mais do que as pessoas esperam, criando um encantamento e um vínculo com quem participa do seu evento.

Por isso, integrar as novas tecnologias, pensar em formas de gerar interatividade e, claro, contar com as ferramentas corretas e modernas para lhe fazerem gerenciar melhor o seu negócio são itens fundamentais.

O consumidor de festas e baladas não quer mais do mesmo, ele deseja ter uma experiência única e impactante, que o faça sentir-se parte do processo e que desperte nele o desejo de participar de outras edições.

Para conseguir fidelizar essas pessoas é preciso ir além: entregar um produto único, com qualidade acima da média e no qual tudo funcione para criar um encantamento (com menos filas, mais agilidade e um serviço de ponta).

Quais as principais tendências do mercado de eventos?

Colocar as pessoas como protagonistas, aumentar a interatividade e ampliar o conforto são as metas dos organizadores de eventos atuais. Além disso, é preciso manter o foco no cliente que lhe contratou, criando uma boa organização e sabendo gerir as equipes e converter o evento em lucro.

Para atingir todas essas metas, as inovações tecnológicas são boas apostas. Veja as principais novidades no mercado de eventos e que têm sido incorporadas pelos principais organizadores:

  1. Digital Swag Bags: presentear os participantes de um evento com vários itens de papel é coisa do passado. Eventos corporativos têm apostado na distribuição de conteúdo online e vale presentes digitais, que agregam valor ao evento, com um custo reduzido e ainda permitem a personalização de acordo com o perfil do presenteado.
  2. Cashless: os sistemas de cashless têm sido usados com sucesso em eventos de médio e grande porte, permitindo que os participantes tenham mais segurança e rapidez ao consumirem itens dentro do evento – e também traz ao organizador mais facilidade na hora de fechar o caixa e controle de tudo que está sendo vendido. Com uma simples pulseira, o participante pode recarregar créditos e fazer suas compras sem o uso de dinheiro ou cartões.
  3. Crowd Streaming: os smartphones já se tornaram parte de muitas pessoas. O Crowd Streaming nada mais é do que conteúdo criado e compartilhado pelos participantes do evento, possibilitando que outras pessoas que estão distantes assistam o que está rolando no seu evento.
  4. Interatividade: embora a interatividade não seja assim tão nova, de uns anos para cá ela está ainda mais forte. Por isso, é essencial garantir novas formas de gerar interatividade com o seu público para poder agradá-los e conquistá-los.
  5. Agregar valor: experiência é tudo no mercado de eventos. Assim, é preciso investir em marketing e mostrar que o seu evento é diferente. Para isso, a conexão emocional e os valores éticos são cada vez mais importantes.

Com todas essas informações, já deu para ter uma noção da nova realidade do mercado de eventos? Se você tem alguma dúvida sobre esse assunto, deixe-nos um comentário.