Post Thumbnail

Assine nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos.

11 / maio / 2022 • Por: Michelle Oliveira

Como funciona um PDV?

Você sabia que a taxa de mortalidade das empresas com mais de 2 anos de funcionamento é de 24%? Grande parte desse número é causado pela má administração. Por isso, o PDV é aliado dos gestores para reverter esse tipo de situação. O sistema PDV é um software voltado para auxiliar a gestão do ponto de venda, trazendo facilidades para o gestor e também para o cliente.

A sigla PDV corresponde a ponto de venda, que nada mais é do que o local onde as vendas são feitas dentro de um negócio, que pode ser a loja física ou online. 

Quer entender melhor e descobrir como um bom PDV pode ajudar no dia a dia do seu negócio? A Eyemobile te ajuda!

O que é um PDV?

O sistema PDV é um software que registra as vendas, emite cupons fiscais e gerencia as vendas que ocorrem na loja. Ele também pode ser conhecido como sistema de frente de caixa.

Basicamente, um sistema PDV permite:

O sistema PDV pode ser usado tanto em uma loja física como online.

Para que serve um PDV?

O sistema PDV serve para ajudar a gerenciar as vendas e controlar os pagamentos recebidos.

Assim, você consegue conectar essas informações com os setores da sua empresa. Também é possível:

  • ver quais produtos estão sendo mais vendidos;
  •  os meios de pagamento mais usados pelos seus clientes;
  •  os dias e horários que sua loja recebe mais movimento, entre outros insights.

Esses dados podem ser usados de maneira estratégica na sua gestão. Por exemplo, para criar promoções que sejam mais interessantes ao seu público, definir quais produtos e marcas são mais relevantes para os seus consumidores. 

Ainda é possível entender em quais dias ou horários você tem mais movimentos (pensando em ações para os dias de baixo fluxo).

Quais funções possuem um PDV?

Um PDV conta com funções práticas e indispensáveis no dia a dia de qualquer empresa que trabalhe com vendas. Vamos ver as principais em detalhes?

Emissão de cupons e documentos fiscais

A cada venda, o sistema emite o cupom para o cliente e também a nota fiscal. Isso traz mais tranquilidade para o gestor, pois você não precisará gerar manualmente os documentos fiscais, correndo risco de lançar dados incongruentes ou errados.

Recebimentos em diferentes formas de pagamento

Oferecer diferentes formas de pagamento é uma maneira de atrair mais consumidores. 

De acordo com uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL), os meios de pagamento mais usados pelos brasileiros são: dinheiro (71%), Pix (70%), cartão de débito (66%) e cartão de crédito (57%).

Dinheiro físico ainda é uma das formas de pagamento mais utilizadas no varejo. Imagem: Freepik

Destaque para o Pix que, embora seja recente, tem conquistado a preferência dos consumidores, graças à sua agilidade e simplicidade de uso. 

Com um PDV, você tem mais facilidade na hora de receber os pagamentos de diversas modalidades e de gerenciar todas essas entradas. Isso é essencial para a saúde financeira da sua empresa!

Integração com sistemas de crédito e débito

A conciliação das maquininhas bancárias é um processo importante, para assegurar que você realmente recebeu o depósito pelas vendas realizadas. Por isso, contar com um sistema PDV que esteja integrado aos sistemas das maquininhas faz toda a diferença na sua gestão.

Controle de caixa

Fazer o fechamento e a abertura do caixa são tarefas indispensáveis na gestão de qualquer estabelecimento. 

Com um sPDV, esses processos são mais fáceis e precisos. Isso porque, o lançamento é automático. Ou seja, a cada venda feita, o valor pago pelo cliente fica registrado automaticamente. Então, a conferência de caixa é muito mais rápida e confiável.

Cadastro e consultas de clientes e produtos

Entender quem são seus clientes e as preferências deles é um ponto de diferenciação de qualquer negócio. 

Com o PDV, isso fica mais fácil, pois você pode visualizar o histórico de consumo e acessar dados rápidos como nome e data de aniversário, para facilitar sua comunicação, além de poder criar promoções personalizadas.

Além dos clientes, é claro, você também pode cadastrar os produtos que comercializa. 

Alguns softwares contam com funções adicionais importantes como a visualização separada por lojas, para redes e múltiplas unidades e a possibilidade de inserção de imagens de cada produto.

Contagem de estoque

Depois de cada venda, como saber se está na hora de repor o estoque? 

O PDV é capaz de fazer uma leitura da quantidade de itens que você cadastrou e de quantos vendeu. 

Assim, a cada venda, automaticamente, o sistema dá baixa no produto — e fica mais fácil acompanhar a quantidade de itens, programando suas compras com os fornecedores.

Controle de estoque é uma das principais funções do PDV. Imagem: Freepik

Visualização de vendas

Entender como estão as suas vendas é crucial para planejar as ações futuras. Assim, um sistema PDV acaba se tornando um verdadeiro parceiro do seu negócio. 

Pois, você pode acompanhar quantas vendas foram realizadas no mês, na semana ou no dia. 

Ainda entende os períodos de alta e de baixa, criando ações promocionais que tragam mais resultados e planejando os próximos meses a partir de dados reais.

Quais as vantagens e desvantagens do PDV?

Depois de entender como funciona um PDV e as funções desse tipo de tecnologia, você já deve ter notado as inúmeras vantagens que ele oferece, não é mesmo?

Entre os pontos positivos, podemos citar:

  • mais agilidade nos processos;
  • melhora na gestão financeira;
  • redução de custos, especialmente devido à perdas, erros ou processos incorretos;
  • compreensão melhor do seu negócio, entendendo as preferências dos seus consumidores;
  • possibilidade de planejar as suas ações com base nos dado reais de vendas da sua empresa;
  • controle mais preciso sobre o seu negócio;
  • agilidade de atendimento para o consumidor, especialmente na hora de fechar a venda;
  • possibilidade de prestar um atendimento mais diferenciado ao consumidor;
  • ótimo custo benefício.

Mas e as desvantagens? 

Um PDV é um ótimo investimento para o seu negócio, justamente porque não possui ponto negativo

Essa é uma tecnologia com custo acessível, que pode ser usada por empresas de todos os segmentos e portes, capaz de trazer mais profissionalismo a sua gestão.

Ela é fácil de usar, dispensando a necessidade de treinamentos dos seus colaboradores, e funciona para todos os tipos de negócio

Não há nenhum impeditivo para uso em pequenos negócios, ao contrário, é uma tecnologia que oferece um suporte importante ao microempresário — que normalmente acumula funções dentro do negócio.

Ao automatizar alguns processos e oferecer dados mais precisos, o PDV ajuda o gestor a ter um controle mais preciso e a reduzir a pressão sobre si mesmo. 

Ou seja, isso permite uma tomada de decisão mais acertada e ajuda a programar o crescimento do seu negócio.

Exemplo real

Um exemplo real de como o sistema PDV é capaz de facilitar a vida dos gestores vem do Espaço Maísa Rodrigues.

O Espaço Maisa Rodrigues é um salão de beleza localizado em São Paulo e precisava de um sistema de ponto de venda móvel que fosse prático para ser manuseado no dia a dia.

Confira como essa solução está fazendo a diferença no negócio dela!

Conclusão

Neste conteúdo, você aprendeu que um sistema PDV, (ou sistema frente de caixa), é um software que ajuda o gestor a realizar as transações de vendas no seu negócio, seja ele físico ou online.

Portanto, com essa tecnologia, é possível controlar melhor as vendas, emitir os cupons e notas fiscais, integrar diferentes métodos de pagamento. Ainda é possível ter dicas importantes para otimizar a gestão e melhorar a tomada de decisão.

Esse sistema é simples e fácil de usar, sendo um grande aliado principalmente das pequenas e médias empresas, automatizando diversos processos e tornando o dia a dia do gestor mais prático.

Gostou de saber mais sobre PDV? Clique aqui, converse com nosso time e descubra como essa solução pode ajudar o seu negócio agora mesmo!

 

Compartilhar esse post
TwitterLinkedInFacebookWhatsApp