Post Thumbnail

Assine nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos.

05 / ago / 2022 • Por: Michelle Oliveira

6 dicas para aumentar suas vendas no varejo

Se você é proprietário de um negócio no varejo sabe o quão importante são as vendas. São elas que pagam as contas e permitem que sua empresa cresça. Porém, é preciso que exista uma boa estratégia para que as vendas no varejo deslanchem.

Segundo a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) neste ano, o percentual de vendas no varejo vêm crescendo. Estima-se que esse aumento deve-se ao período pós pandêmico e a retomada de velhos hábitos de compra.

Onde a sua empresa está posicionada nesse mercado? Você já nota esse aumento nas vendas? Se o seu negócio precisa ampliar a quantidade de vendas, continue a leitura e confira essas 6 dicas que a Eye preparou:

1 – Divulgue sua marca

2 – Up-selling e cross-selling

3 – Busque fidelizar o cliente

4 – Tenha uma boa estratégia de preços

5 – Invista em atendimento digital

6 – Crie um programa de indicação

Dica 1 – Divulgue sua marca

Parece uma dica clichê, mas não é. Isso porque muitos empresários acreditam que simplesmente ter uma conta no Instagram já conta como divulgação. Porém, marketing não funciona assim. Lembre-se da máxima: quem não é visto, não é lembrado.

O aumento das vendas no varejo depende muito da divulgação. Portanto, invista em redes sociais, mas produza conteúdo de qualidade. Caso seja financeiramente possível, você pode investir em anúncios patrocinados a partir do Google ADS.

Dica 2 – Up-selling e Cross-selling

Você já ouviu falar nessas duas estratégias comerciais? 

Depois de garantir uma venda, é importante para o negócio ampliar o gasto do cliente. É para isso que existem essas duas estratégias simples. E é justamente por serem tão simples, que muitas vezes acabam sendo negligenciadas no que diz respeito a vendas no varejo.

O up-selling é a técnica de vendas onde o vendedor oferece ao cliente produtos, atualizações ou complementos mais caros, tudo para gerar mais receita. Ainda que essa estratégia geralmente envolva produtos ou serviços mais lucrativos, pode ser que utilizá-la exponha o consumidor a opções que ele ainda não tenha considerado.

Já o cross-selling refere-se à venda cruzada de produtos. Ou seja, a venda complementar com base no interesse do cliente. Essas duas técnicas podem ser combinadas ou utilizadas de forma individual durante o “passeio” do cliente pela loja – seja física ou virtual.

Como utilizar essa técnicas no dia a dia

Vamos exemplificar sua aplicação com uma cafeteria. Por exemplo, o atendente irá perguntar se o cliente deseja um café tamanho médio ou grande (nunca um pequeno) e, provavelmente, oferecerão um lanche para acompanhar a bebida. Isso torna o gasto médio do cliente significativamente maior utilizando o poder dessa sugestão.

Essas conversas com o cliente podem ser previamente combinadas através de um “script” passado aos vendedores, explicando como e quais produtos oferecer de acordo com o cliente. Essa técnica pode sair quase de graça para o seu bolso.

Dica 3 – Busque fidelizar o cliente

Essa dica também parece clichê, mas no dia a dia a fidelização do cliente pode ficar de lado. Isso porque, no que diz respeito às vendas no varejo, o foco é a venda em si. A relação com o cliente acaba ficando em segundo plano, o que torna mais difícil que o cliente retorne à loja.

O sistema PDV é uma ferramenta bastante utilizada no que diz respeito à fidelização. Isso porque uma de suas funções cadastrais apresenta todos os dados de consumo de cada cliente. Assim fica mais fácil entender suas preferências, gostos e até mesmo praticar up e cross selling, conforme já explicamos.

Dica 4 – Tenha uma boa estratégia de preços

Uma estratégia para deslanchar as vendas no varejo passa por uma boa tática de preços. Afinal, é no varejo que o cliente se depara com preço final do produto e é necessário que ele compre. Portanto, na hora da definição de preços pense sempre no seu consumidor em primeiro lugar.

Promoções famosas como pague 1 leve 2, 50% de desconto na segunda unidade, e demais frases costumam ter bons resultados quando falamos em vendas. Considere-as quando for pensar em valores. E, caso já possua, utilize o sistema PDV para gerir essas promoções e sua aderência da melhor maneira.

Dica 5 – Invista em atendimento digital

O seu cliente está em todos os lugares. Muitas vezes ao mesmo tempo. E se o seu desejo é atendê-lo da melhor maneira, garanta que seu negócio também esteja. É aí que entra o atendimento digital. E não somente na hora da venda, mas no pré e pós também.

É necessário se manter em contato com o cliente com frequência. Seja através de e-mail, SMS, ou mesmo uma mensagem automática no WhatsApp. Esse tipo de ação reforça a sua marca na mente do cliente. 

Ainda é importante garantir que o seu cliente esteja tranquilo em contatar a sua empresa. Ou seja, que a conversa seja tranquila, que ele se sinta livre para fazer perguntas, e demais pontos que passam pela comunicação não-verbal.

Quanto aos canais, garanta que seja possível acesso em qualquer plataforma por onde ele receber conteúdo. Por exemplo, se enviar um e-mail, garanta que ele possa responder o e-mail de forma prática.

Dica 6 – Crie um programa de indicação

Nós sabemos que a melhor propaganda ainda é o boca a boca. Aquela indicação de cliente satisfeito ainda é uma das melhores e mais efetivas maneiras de conquistar novos clientes. Esse tipo de comunicação chama-se Buzz Marketing e é uma forma espontânea que o cliente tem de recomendar o seu produto ou negócio.

Na hora de recomendar um produto ou serviço, o cliente vai levar em consideração todos os fatores que ele considerou relevantes quando comprou. Ou seja, atendimento, preço, disponibilidade, frete, agilidade, entre outros. Fatores que dependem do seu negócio e do seu time para fluírem da melhor forma.

Quando falamos em programa de indicação, vemos que algumas grandes empresas já aderiram a essa técnica. E é algo muito frequente quando vemos cursos, eventos, summits, etc. Nesses casos, um cliente faz o seu cadastro e, caso convide outras pessoas para participarem também, recebem brindes e descontos.  Esses benefícios são escaláveis, portanto quanto mais convidados, melhores os prêmios recebidos. 

Como aplicar no varejo? 

Isso pode funcionar no varejo também. Claro, dependendo da sua estratégia de negócio. É possível criar esse tipo de campanha para datas comemorativas, por exemplo. Dia dos namorados, dia das mães, dia dos pais, Natal, Páscoa. Estas são festividades onde o cliente dificilmente comprará um único produto. Portanto, é possível incentivá-lo a comprar mais de um produto e receber descontos, por exemplo.

No dia das mães, por exemplo, supomos que dois irmãos cheguem à sua loja. A missão é comprar dois presentes. Além de utilizar a estratégia de up ou cross selling, ainda é possível sugerir o programa de indicação. Caso convidem um amigo para frequentarem a loja, ganham um desconto ou brinde na próxima compra. 

Boa ideia, não é?

Conclusão

Ampliar a quantidade de vendas no varejo é uma das principais e mais constantes missões do empresário. Afinal, é assim que o faturamento do negócio funciona. Porém, existem técnicas que podem ser afiliadas à sua estratégia de vendas e ampliar as chances de compra.

Passamos por divulgação, up e cross selling, fidelização, preços, atendimento e programa  de indicação. Essas são apenas algumas das diversas formas de se ampliar as vendas no negócio. E, claro, tudo deve ser pensado de acordo com as necessidades da sua loja e do seu cliente.

Independente se loja física ou online, atender o consumidor da melhor forma possível, é o caminho para um negócio de sucesso.

E ainda, se deseja agilizar suas vendas, conheça o sistema PDV da Eye! A ferramenta é instalada na maquininha de pagamento e torna suas vendas ainda mais rápidas e práticas. O sistema pode ser utilizado por qualquer pessoa do time e é muito fácil.

Clique aqui e conheça nossa solução!

Compartilhar esse post
TwitterLinkedInFacebookWhatsApp